Rússia tem primeiro caso suspeito de Sars

Um funcionário do alto escalão do serviço de saúde da Rússia disse que um primeiro caso da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars) foi registrado no país. Outras fontes dizem, entretanto, que os testes de laboratório ainda não confirmaram o diagnóstico. Segundo o epidemologista Gennady Onishchenko, um homem de Blagoveshchensk, cidade próxima à fronteira com a China, estaria infectado. O diagnóstico foi feito a partir do estado clínico do paciente. A agência Itar-Tass citou informações do Ministério da Sáude de que as análises em laboratório ainda não confirmaram o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.