Rui Falcão se diz a favor de volta de Lula em 2018

Rui Falcão se diz a favor de volta de Lula em 2018

O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, também manifestou apoio ao ex-presidente

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2014 | 12h17

Durante todas as entrevistas concedidas na manhã deste domingo, 26, no hotel onde se encontravam no centro de São Paulo, dirigentes do Partido dos Trabalhadores evitaram fazer comentários sobre cargos em um eventual novo governo de Dilma Rousseff, mas o presidente nacional da legenda, Rui Falcão, comentou sobre a possibilidade de Luiz Inácio Lula da Silva ser novamente candidato ao Planalto em 2018.

"Eu, pessoalmente, sou a favor de que o presidente Lula seja candidato em 2018. Naturalmente isso vai depender da disposição dele, mas ele tem dito que sempre se colocará à disposição do PT", disse Falcão, lembrando que o PT tem um processo interno de escolha da candidatura.

O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, fez questão de elogiar o ex-presidente Lula, que não esteve presente no café da manhã. Ao responder sobre uma possível ida para Brasília do ex-presidente após o resultado, Mercadante fez elogios à participação de Lula na campanha. "O Lula foi, ao longo de toda a história do nosso partido, o mais exemplar militante político e continuou nessa campanha. Um guerreiro, corajoso, que viajou o Brasil. Ele é a liderança que está no coração de todo militante do PT e dos movimentos populares", disse o ministro.

Sobre a possibilidade de retorno do ex-presidente nas eleições de 2018, Mercadante desconversou, mas garantiu que apoiaria qualquer decisão de Lula. "Eu não sei a que ele vai ser candidato em 2018, mas seja o que for eu serei cabo eleitoral", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesRui FalcãoLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.