RS terá grupo especial de combate à corrupção

A Polícia Federal, o Ministério Público Federal e outros 5 órgãos federais criaram um grupo especial para combater a corrupção no Rio Grande do Sul, a exemplo do que já ocorre na Paraíba e no Rio Grande do Norte. O anúncio foi feito ontem pelo superintendente regional da PF, Ildo Gasparetto. O grupo recebeu o nome de Movimento Articulado de Combate à Corrupção (Marcco) e contará com representantes da Receita, do Banco Central, da Advocacia-Geral da União, da Controladoria-Geral da União e do TCU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.