RS: MST participa da greve dos caminhoneiros

A direção da Polícia Federal enviou ao Rio Grande do Sul todo o contingente do Comando de Operações Táticas (COT), em função da entrada do Movimento dos Sem-Terra (MST) na greve dos caminhoneiros. Segundo uma fonte da cúpula da PF, a polícia considera "muito delicada" a situação no município de Ijuí, localizado na principal região produtora de soja do Estado, pois tem informações de que caminhoneiros e sem-terra poderão iniciar uma onda de bloqueios de rodovias federais. A Polícia Federal pretende reforçar ainda mais a segurança também em outros locais do País, já que há previsão de que integrantes do MST poderão aderir ao movimento dos camioneiros em outras regiões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.