RS limita salário no Executivo ao teto

O governo gaúcho vai limitar o pagamento dos vencimentos de servidores do Executivo ao teto estadual de R$ 22.111,25. A decisão atinge 10 funcionários ativos e 24 aposentados, que recebiam de R$ 22.239,09 a R$ 43.829,47. A economia anual prevista é de R$ 1,6 milhão. O teto salarial foi estabelecido no governo anterior, de Germano Rigotto (PMDB), mas não afetou quem já ganhava acima do limite. Para a governadora Yeda Crusius, do PSDB, a aplicação do teto se sobrepõe à regra da irredutibilidade dos salários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.