Rouquidão levou Lula a hospital, antes do diagnóstico

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve uma rouquidão repentina ontem e telefonou para o médico Roberto Kalil Filho, que o aconselhou a ir ao hospital Sírio Libanês para exames, informou o assessor de Lula, José Chrispiniano. Lula fez alguns exames ontem mesmo e voltou para o seu apartamento em São Bernardo do Campo. Hoje cedo, o ex-presidente voltou ao hospital para dar continuidade aos exames.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agência Estado

29 de outubro de 2011 | 13h36

O hospital emitiu boletim médico informando que o ex-presidente teve diagnosticado um tumor na laringe e que começará a fazer quimioterapia na segunda-feira. Lula permanece no Sírio Libanês e está acompanhado por sua esposa, dona Marisa Letícia, mas deve voltar a São Bernardo ainda hoje. Segundo o assessor, Lula sente-se bem, e apenas apresenta rouquidão.

Tudo o que sabemos sobre:
Lulacâncerrouquidão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.