Rosinha obtém apenas 2 adesões para tratar de ICMS do petróleo

Somente a governadora do Rio Grande do Norte, Wilma Farias (PSB), e do Sergipe, João Alves (PFL), compareceram à reunião convocada pela governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus (PSB), para discutir a questão do ICMS sobre a produção de petróleo. A intenção da governadora era reunir com todos os sete governadores de estados produtores de petróleo. Mandaram representantes Minas Gerais e Alagoas. Paraná, Bahia e Espírito Santo não justificaram sua ausência. A reunião tinha como objetivo garantir que os demais estados repetissem a lei, aprovada pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) na semana passada, que tributa em 18% a produção do petróleo. Também seria discutida na reunião a unificação do ICMS sobre os combustíveis dos estados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.