Rosinha Garotinho e vice recorrem ao TSE contra cassação de mandato

Tribunal que determinou a cassação justificou a decisão alegando uso indevido dos meios de comunicação e abuso de poder econômico

estadão.com.br

01 Julho 2010 | 12h56

A prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho (PR-RJ), e seu vice, Francisco Arthur de Oliveira, recorreram na quarta-feira, 30, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para pedir a suspensão da cassação de seus mandatos, decidida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ).

 

Veja também:

Garotinho ganha na Justiça mas desiste de candidatura no Rio

 

Na ação ajuizada, eles afirmam que a decisão do TRE-RJ foi influenciada pelo seu adversário político, Arnaldo Viana. O tribunal que determinou a cassação de Rosinha justificou a decisão alegando que teria ocorrido uso indevido dos meios de comunicação e abuso de poder econômico.

Mais conteúdo sobre:
Rosinha Garotinho TRE RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.