Roraima recorre ao STF para liberar rios

O governo de Roraima ajuizou ação no Supremo Tribunal Federal contra a comunidade indígena vaimiri-atroari. Segundo o governo, os indígenas estão impedindo o trânsito de pessoas nos rios Jauaperi e Macucuaú, afetando moradores das proximidades. O governo pretende conseguir liminar do Supremo para reabrir a passagem nos rios, alegando que há risco iminente de conflito armado entre os índios e os ribeirinhos. Na ação, o governo alega que o bloqueio dos rios também afeta a principal atividade dos moradores: extração de castanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.