HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO
HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

Romeu Zema indica ex-secretário de João Doria para o Codemig

Wilson Poit assumiu a secretaria de Desestatização da cidade de São Paulo durante a gestão de Doria na prefeitura, encaminhando projetos de concessões e privatizações de pontos turísticos da cidade

Leonardo Augusto/Especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2019 | 19h47

BELO HORIZONTE - O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), indicou nesta quinta-feira, 28, o empresário paulista e ex-secretário de Desestatização da cidade de São Paulo no governo de João Dória (PSDB), Wilson Poit, para o conselho da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig).

Um dos objetivo da empresa é fechar parcerias com o setor privado, como a estabelecida na década de 1960 com a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) para exploração de nióbio em Araxá, no Triângulo Mineiro. A mina pertence à Codemig, conforme informações do site da estatal.

O empresário é pai do deputado federal Vinícius Poit (Novo-SP). Em nota, o governo afirma que a escolha de Wilson Poit para compor o conselho da companhia foi feita de forma técnica. "Independentemente de ser pai de um parlamentar eleito pelo Partido Novo em São Paulo, Poit tem um histórico profissional com vasta experiência executiva e em desestatização, pela Prefeitura de São Paulo".

O texto cita o trabalho de Poit na capital paulista. "Foi responsável pela criação do Fundo Municipal de Desenvolvimento Social e do Conselho Municipal de Desestatização e Parcerias. Também coordenou o trabalho que resultou na aprovação de seis projetos de lei para privatização do Anhembi e concessões do Estádio do Pacaembu, parques, mercados municipais e terminais de ônibus na capital paulista".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.