Romeu Tuma também é internado em hospital de SP

O senador e candidato à reeleição Romeu Tuma (PTB-SP) foi internado hoje no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, por causa de uma afonia. Segundo a assessoria do parlamentar, a agenda dele foi cancelada ontem e hoje. Ele aproveita a passagem pelo hospital para fazer uma bateria de exames. No mesmo hospital estão internados o vice-presidente da República, José Alencar, e o também candidato ao Senado Orestes Quércia (PMDB).

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

02 de setembro de 2010 | 18h49

Alencar foi internado após dar entrada no último dia 30 com quadro infeccioso. Segundo boletim de hoje, ele foi tratado com antibióticos e, após a melhora de seu quadro de saúde, deu sequência ao tratamento de rotina de quimioterapia ao qual vem se submetendo e passa bem. Não há previsão de alta.

Já Quércia, presidente estadual do PMDB em São Paulo, está desde terça-feira internado no Sírio Libanês para a realização de exames. Em carta, Quércia diz que, por motivos de saúde, está impossibilitado de viajar em campanha pelo Estado e que agora necessita de mais tempo para exames aprofundados e tratamento médico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.