Romário diz que PSB do Rio não apoiará candidatura de Pezão

Segundo o presidente do diretório estadual, o partido avalia outras hipóteses e não descarta ter candidato próprio

Silvio Barsetti , Agência Estado

28 Dezembro 2013 | 18h09

Rio - O deputado Romário, presidente do Diretório do PSB do Rio, afirmou neste sábado, 28, que o partido não apoiará a eventual candidatura do vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) ao governo do Estado. Romário acrescentou que a legenda avalia algumas hipóteses na eleição estadual: apoiar Miro Teixeira (Pros), o cantor e compositor Gilberto Gil ou o técnico de vôlei Bernardinho, se eles forem candidatos respectivamente pelo PV e pelo PSDB.

De acordo com o ex-jogador, a sigla não descartou ainda a possibilidade de lançar candidato próprio. "Com certeza, não vamos fechar com o PMDB no Rio", disse Romário, que ainda não decidiu se concorrerá à reeleição ou se disputará uma vaga no Senado. "Hoje, a tendência é tentar me reeleger. Mas quero ver as pesquisas mais à frente sobre a corrida para o Senado." O deputado do PSB deu as declarações em evento beneficente organizado pelo ex-jogador Zico no Maracanã.

Mais conteúdo sobre:
Romário PSB Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.