Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Rodrigues lamenta invasão de estação de pesquisa pelo MST

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, lamentou as ações de sem-terra que invadiram ontem uma estação de pesquisa do governo do Estado de São Paulo em Colina, na região de Ribeirão Preto. Também ontem outro grupo tentou invadir o Pólo Regional de Alta Mogiana (antiga Estação Experimental de Zootecnia). "Lamento profundamente. Comprometer pesquisa agropecuária demonstra que não há uma visão de reforma agrária, mas sim bagunça em todo o processo", afirmou Rodrigues. Ele voltou a destacar a posição de negociador do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o que possibilitaria encontrar uma maneira de realizar a reforma agrária. "A reforma agrária é necessária. Dentro dos estreitos limites legais", afirmou. Segundo ele, os produtores rurais "têm todo o direito de cuidar do que é deles". "Dentro da lei, a defesa da propriedade, tem de ser feita", acrescentou. Na manhã de hoje, Rodrigues participou de café da manhã da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), na sede da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

Agencia Estado,

23 de julho de 2003 | 10h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.