André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Rodrigo Maia defende autonomia de partidos em convenção do PP

'Que possamos ter leis que respeitem autonomia dos partidos. Partidos políticos são a base da democracia', disse o presidente da Câmara dos Deputados

Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2019 | 12h44

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez um discurso em defesa do fortalecimento do parlamento durante a convenção Nacional do PP, realizada nesta manhã na Câmara.

Na quarta, os deputados finalizaram a votação de um projeto que estabelece autonomia dos partidos políticos para definir o prazo de duração dos mandatos dos membros dos seus órgãos partidários permanentes ou provisórios.

"Que possamos ter leis que respeitem autonomia dos partidos. Partidos políticos são a base da democracia", disse Maia em seu discurso. Ele defendeu também o projeto do Orçamento impositivo. "Estamos hoje com a Câmara cada vez mais forte e unida", disse.

Para Maia, o parlamento está restabelecendo suas prerrogativas, que no passado foram delegadas ao poder Executivo. "Com orçamento impositivo, teremos um Congresso mais responsável". Para ele, o orçamento precisa atender a base da sociedade com direcionamentos para educação e saúde, por exemplo.

"Não sabemos ainda se o novo governo é fim ou início de novo ciclo na política. Espero que seja um novo ciclo", disse. Depois do fim do discurso de Maia, o presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, fez um aceno a Maia. "O Brasil nunca dependeu tanto da atuação do presidente da Câmara como agora", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Rodrigo Maiapartido político

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.