Roberto Jefferson volta a ser internado no RJ

Presidente do PTB, recentemente diagnosticado com câncer, apresentou infecção intestinal e não há previsão de alta

O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2012 | 11h39

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, voltou a ser internado no Rio de Janeiro. No início de agosto,  ex-deputado passou por cirurgia para retirada de um tumor no pâncreas, mas a nova internação não teria ligação com a doença.

 

Segundo o Hospital Samaritano, Roberto Jefferson foi internado na quarta-feira, 12, com dores abdominais. O boletim médico divulgado nesta sexta-feira, 14, informa que o ex-deputado apresentava infecção intestinal e estava desidratado. O quadro de saúde é estável e respira sem ajuda de aparelhos. Ainda de acordo com o boletim, não há previsão de alta.

 

Pivô do escândalo do mensalão, Jefferson estava no hospital quando começaram as sessões de julgamento do processo no Supremo Tribunal Federal (STF), em agosto. Na ocasião, declarou que o seu foco quando fez a denúncia sobre o suposto esquema de compra de votos, em 2005, não era o mensalão. "A minha luta era com o José Dirceu. Ele me derrubou, mas eu salvei o Brasil dele. Ele não foi, não é e não será o presidente do Brasil. Caímos os dois. Estou satisfeito."

 

Após a cirurgia, Jefferson permaneceu oito dias internado e passou por sessões de quimioterapia. O câncer, chamado de carcinoma coloide, se desenvolveu dentro do ducto do pâncreas. Segundo os médicos, trata-se de um tipo raro, mas de fácil tratamento.

 

 

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    roberto jefferson

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.