JF DIORIO/ESTADÃO
JF DIORIO/ESTADÃO

Roberto Jefferson diz que PTB põe Ministério do Trabalho à disposição do governo

Presidente da sigla disse que garantiu apoio político para que alguém do partido comandasse a pasta e negou participação em irregularidades

Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

05 Julho 2018 | 14h05

BRASÍLIA - O presidente do PTB, Roberto Jefferson, afirmou nesta quinta-feira, 5, que a Executiva Nacional do partido colocou o comando do Ministério do Trabalho à disposição do governo Michel Temer. Pelo Twitter, ele admitiu que garantiu "apoio político" para que a legenda assumisse a pasta, mas negou participação em possíveis irregularidades.

+ PTB e Solidariedade ‘tomaram de assalto’ o Ministério do Trabalho, diz PF

+ PF deflagra Operação Registro Espúrio e mira Paulinho da Força, Jovair, Wilson e Jefferson

"Pessoalmente, insisto: não participei de qualquer esquema espúrio no Ministério do Trabalho. E acrescento que minha colaboração restringiu-se a apoio político ao governo para que o PTB comandasse a Pasta", disse.

Mais cedo, o então ministro Helton Yomura, apadrinhado político de Jefferson, teve o afastamento determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, a pedido da Polícia Federal e da Procuradoria-Geral da República. O pedido de afastamento ocorreu no âmbito da Operação Registro Espúrio, que teve Jefferson e sua filha, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), como alvos das primeiras fases.

+Número 2 do Ministério do Trabalho entrega primo em depoimento após prisão

Pelo Twitter, o presidente do PTB disse que a sigla apoia a Registro Espúrio, mas "não concorda com inferências divulgadas antes que as investigações estejam concluídas". "Como já foi dito, se houve irregularidade na Pasta caberá aos responsáveis responder à Justiça por seus atos. Não concordamos, todavia, com inferências divulgadas antes que as investigações estejam concluídas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.