JF DIORIO/ESTADÃO
JF DIORIO/ESTADÃO

Roberto Jefferson confirma que PTB indicou Pedro Fernandes para o ministério do Trabalho

Presidente do partido explicou que Ronaldo Nogueira quer se dedicar à reeleição como deputado federal

Renan Truffi e Daiene Cardoso, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2017 | 18h54

BRASÍLIA - O presidente do PTB, Roberto Jefferson, confirmou que o partido indicou o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) para assumir o cargo de ministro do Trabalho no lugar de Ronaldo Nogueira, que pediu demissão do posto nesta quarta-feira, como adiantou a Coluna do Estadão. Segundo Jefferson, o nome de Fernandes é "consenso" no partido e a posse dele será marcada para a próxima quinta-feira, 4, pelo Palácio do Planalto.

"O ministro Ronaldo Nogueira acha que cumpriu a missão dele. E, como o presidente deu prazo de dezembro para que os ministros saíssem, ele disse que iria pegar este prazo. Vem agora o deputado Pedro Fernandes, do Maranhão, que é consenso no partido e na bancada. Ele toma posse na próxima quinta-feira, às 14h. Ele [Pedro] já conversou com o presidente Michel Temer", afirmou o presidente da legenda.

Roberto Jefferson explicou também que Ronaldo Nogueira quer se dedicar à reeleição como deputado federal e, por isso, optou por deixar o governo Michel Temer. "O presidente elogiou muito o Ronaldo Nogueira. Ele precisa construir a campanha dele e não está tendo condições de fazer isso. É uma decisão que une o partido", afirmou Roberto Jefferson. A saída de Ronaldo Nogueira será oficializada no Diário Oficial da União do dia 29.

Vagas de emprego formal. Mais cedo Ronaldo Nogueira divulgou os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Mesmo com os primeiros contratos de trabalho firmados a partir da reforma trabalhista, o Brasil fechou 12.292 vagas em novembro. Para Nogueira, o saldo negativo em novembro é "pequeno" e não significa a interrupção na recuperação da economia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.