Roberto Campos deixa a UTI

O estado de saúde do ex-ministro Roberto Campos, de 84 anos, continuou a apresentar melhora. Os médicos decidiram hoje transferi-lo da Unidade de Terapia Intensiva, onde estava internado desde o dia 29, para a Unidade Intermediária. Campos se recuperou dos quadros de fecaloma (retenção de fezes) e de pneumonia, mas continua a receber antibióticos. Ainda não há previsão sobre quando o economista será transferido para o quarto comum.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.