RJ, SP e ES protestarão por veto de Dilma a royalties

Políticos do Rio de Janeiro e de São Paulo, os dois principais Estados produtores de petróleo, vão se unir em manifestação na próxima segunda-feira, no Rio, para pedir o veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto de lei aprovado pelo Congresso no mês passado, que altera o sistema de pagamento dos royalties até de campos em operação.

ALFREDO JUNQUEIRA, Agência Estado

21 de novembro de 2012 | 18h17

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), e o prefeito eleito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), confirmaram presença no "Veta, Dilma", ato capitaneado pelo governador fluminense, Sérgio Cabral Filho (PMDB), que deve tomar as principais ruas do centro do Rio.

A passeata pela Avenida Rio Branco, entre as praças da Candelária e Cinelândia, será acompanhada por trios elétricos e terá a participação de artistas. Estado e Prefeitura decretaram ponto facultativo a partir das 14h. Trens, barcas e metrô não cobrarão passagens dos manifestantes.

Nesta quinta-feira, Cabral promoverá uma reunião para definir detalhes para a organização do ato. Casagrande fará o mesmo em Vitória na sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
royaltiesmanifestaçãogovernador ES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.