RJ: Protesto em frente à casa de Paes é tranquilo

Dezenas de manifestantes chegaram por volta de 17h15 deste sábado à residência oficial da Prefeitura do Rio, a mansão da Gávea Pequena. O ato, que transcorria sem incidentes, é contra as remoções de comunidades pobres por causa de obras com vistas à Copa do Mundo e das Olimpíadas. Os manifestantes marcharam pouco mais de 2 km pelas estradas do Alto da Boa Vista, bairro da zona norte onde fica a Gávea Pequena.

VINICIUS NEDER, Agência Estado

17 de agosto de 2013 | 18h57

O ato estende ao prefeito Eduardo Paes protestos que já vinham sendo organizados perto da casa do governador Sergio Cabral, no Leblon, na zona sul. A intenção dos manifestantes é fazer uma vigília em frente à mansão oficial. Membros de movimentos de sem-teto, acostumados a ocupações, levaram mantimentos e lonas, para proteger da chuva que ameaça cair.

Cerca de dez policiais militares fazem a guarda em frente ao portão da Gávea Pequena. Duas viaturas e duas motos da PM acompanharam a marcha.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de JaneiroEduardo Paesprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.