Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Rio tem confrontos pelo quarto dia seguido

Operações policiais visam responder onda de ataques ocorridos desde o domingo.

BBC Brasil, BBC

24 de novembro de 2010 | 16h21

Em mais um dia de confrontos no Rio de Janeiro, a Polícia Militar do Estado divulgou a morte de 12 pessoas em suas operações em favelas da cidade e na Baixada Fluminense nesta quarta-feira.

Segundo a corporação, um policial foi baleado num tiroteio, mas passa bem.

Em nota, a corporação diz que 13 criminosos foram presos e que 10 armas foram apreendidas, além de drogas e materiais inflamáveis.

As operações ocorreram nas comunidades de Tuití, Morro do Encontro, Morro do Faz Quem Quer, Vila Kennedy, Anchieta, Morro da Fé, Antares, Rolas, Guaxá e Jardim Floresta.

O comandante geral da corporação, Mário Sérgio de Brito Duarte, determinou que todos os policiais militares da Região Metropolitana do Rio fiquem de prontidão.

Ontem, o órgão afirmou que 1,2 mil policiais haviam sido deslocados dos quartéis para as ruas, e que 18 favelas da capital fluminense e de cidades vizinhas tinham sido ocupadas.

Desde o domingo, criminosos têm feito arrastões e queimado veículos no Rio.

Entre a noite de terça e esta quarta-feira, cinco ônibus, 12 carros e uma van foram incendiados na Grande Rio.

A escalada na violência fez o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), pedir na terça-feira ao presidente Lula reforço no efetivo de policiais rodoviários federais.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.