Rio aumenta ICMS sobre armas de fogo para 200%

A governadora Rosinha Garotinho sancionou a lei que aumenta de 37% para 200% a alíquota do ICMS para a venda de armas de fogo e de munição. Originalmente, Rosinha propôs uma alíquota de 150%, mas a taxa foi elevada por emenda na Assembléia Legislativa (Alerj). Com isso, ogoverno espera coibir o comércio de armas. Dados da Secretaria de Estado de Segurança indicam que 70% das armas usadas em homicídios têm procedência legal. Especialistas ouvidos pelo Estado, no entanto, consideraram a medida inócua. A nova alíquota não será aplicada às Forças Armadas, às polícias Civil e Militar e ao Corpo de Bombeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.