Rigotto anuncia apoio à candidatura de Garotinho

O governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto (PMDB), afirmou, ao embarcar para Porto Alegre (RS), que reconhece a vitória de seu adversário Anthony Garotinho na consulta interna realizada ontem pelo PMDB para a escolha do candidato do partido à presidência da República e anunciou seu apoio ao nome do ex-governador do Rio de Janeiro. "Eu reconheço o resultado, e Garotinho tem meu total apoio", declarou Rigotto. Ele confirmou que está reassumindo o governo gaúcho, do qual havia se licenciado para participar da disputa interna, e disse que sua intenção é a de permanecer no posto até o último dia do mandato. Rigotto afirmou que não pretende concorrer à reeleição para o cargo de governador e que, pelo menos por enquanto, não pensa em participar das eleições deste ano como candidato a outra função pública. Na consulta interna realizada ontem pelo PMDB, embora Rigotto tenha tido mais votos de integrantes do partido - 7.580, contra 4.807 dados a Garotinho -, a vitória coube ao ex-governador fluminense, porque o critério adotado foi o do peso dos votos, que leva em conta o número de votos que o partido obteve em cada Estado nas eleições passadas, e não os sufrágios internos da legenda. É a regra da média ponderada, que deu mais peso para alguns Estados do que para outros.

Agencia Estado,

20 de março de 2006 | 18h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.