Rifado por Campos, Caiado diz que falta coragem a governador

Representante da bancada ruralista, deputado foi o primeiro a deixar aliança com governador após filiação de Marina; pelo Twitter, chamou pernambucano de 'fraco'

Atualizado às 11h10, José Roberto Castro e Bernardo Caram - Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 09h44

São Paulo - Depois de deixar a aliança  com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), o deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) criticou Campos por "falta de coragem". "Estou desapontado com Eduardo Campos. Todos os predicados que eu imaginava que ele tivesse foram anulados pela absoluta falta de coragem", escreveu Caiado em seu perfil no Twitter, na manhã desta quinta-feira, 10.

A declaração vem no dia seguinte ao deputado ser rifado pelo governador. Em entrevista ao Estado, Marina havia dito que Caiado poderia deixar a base de apoio de Campos em razão das diferenças entre suas ideias políticas e as do democrata. O pernambucano, em seguida, afirmou que o acordo com o deputado era circunscrito ao Estado de Goiás e seria revisto. Caiado regiu e disse que o apoio do DEM em alguns Estados não exisitia mais.

Também no Twitter, o deputado democrata se disse decepcionado e definiu Campos como "fraco". "Eduardo Campos revelou-se pessoa tíbia, fraca. 'Novo' se faz com ações, agrega o melhor de diferentes segmentos. Com menos discursos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.