Ribeirão-SP fecha acordo amanhã para ampliar aeroporto

Governo vai desistir de ampliar pista de pousos inviabilizando a transformação do aeroporto de cargas

GUSTAVO PORTO, Agencia Estado

07 de fevereiro de 2008 | 13h04

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), deve assinar amanhã o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público, em Ribeirão Preto (SP), que permitirá a ampliação do terminal de cargas do aeroporto Leite Lopes, na cidade paulista. Pelo acordo, o governo paulista vai desistir de ampliar a pista de pousos e decolagens, de 2,1 quilômetros para 2,7 quilômetros, inviabilizando a transformação do aeroporto em internacional da cargas. Serra sempre declarou sua posição contrária à internacionalização do aeroporto de Ribeirão Preto. Apesar de nunca ter visitado a cidade após ser eleito, em visitas a outros municípios da região paulista, o governador afirmou que considerava o Leite Lopes como um bom aeroporto regional. No empreendimento, devem ser investidos R$ 10 milhões, já liberados pelo governo paulista, e a obra deve ser finalizada em três meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.