Reunião sobre CPI mista do Banestado termina sem acordo

Terminou sem definição a reunião do presidente da Câmara, João Paulo Cunha, com os líderes do governo na Câmara, Senado e Congresso e os líderes partidários. O objetivo do encontro era discutir a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista (composta por parlamentares da Câmara e do Senado) para investigar a remessa ilegal de US$ 30 bilhões, por meio das contas CC-5. O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), disse que na reunião os líderes partidários sugiu a proposta de uma CPI mista por considerar mais racional. No entanto, o PFL, segundo Mercadante, disse que preferia duas CPIs separadas, na Câmara e no Senado. Na tentativa de um acordo foi marcada nova reunião para as 15h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.