Réu do mensalão é denunciado por mentir sobre euros na cueca

Enivaldo Quadrado foi flagrado tentando entrar ilegalmente no País com quantia de dinheiro não permitida

Agência Brasil

22 de dezembro de 2008 | 13h19

Flagrado no último dia 6 tentando entrar ilegalmente no País com uma quantia de euros (361 mil ) acima do limite permitido (R$ 10 mil), o empresário Enivaldo Quadrado foi denunciado à 5ª Vara Federal de Guarulhos, na última sexta-feira, pelo procurador da República Vicente Mandetta, que entendeu ter ocorrido prática de falsidade ideológica.   Para Mandetta, as provas e a autoria do crime são incontestes, uma vez que Quadrado omitiu intencionalmente valor que deveria declarar quando de sua entrada no país", diz nota divulgada na última sexta-feira pelo Ministério Público Federal (MPF). O procurador também solicitou ao juiz que seja enviada cópia do inquérito policial para a Procuradoria da República em São Paulo, visando à apuração da origem do dinheiro apreendido com o empresário e a averiguação da possibilidade de crimes contra o sistema financeiro e de lavagem de dinheiro.   Além disso, pediu que a Justiça Federal envie comunicado sobre a nova denúncia contra Quadrado ao procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, responsável pelo acompanhamento do caso mensalão. Quadrado responde a processo, em andamento no Supremo Tribunal Federal (STF) por envolvimento em suposta ação de suborno a parlamentares no Congresso Nacional.   O empresário, que é ex-proprietário da corretora Bonus Banval, foi preso pela Polícia Federal no último dia 6, ao desembarcar em Cumbica procedente de Lisboa (Portugal). Além de não ter declarado à Receita Federal a quantia que levava (361.445 euros), ele mentiu quando perguntado se carregava valor acima de R$ 10 mil. O dinheiro foi encontrado pelos agentes durante a revista de rotina, que visa a combater o tráfico internacional de drogas ou outro material ilegal.   Só pelo crime de falsidade ideológica, caso seja condenado, Quadrado pode pegar de um a cinco anos de prisão.

Tudo o que sabemos sobre:
MensalãoeurosEnivaldo Quadrado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.