Resultado de eleição motiva protesto em Itu

Descontente com o resultado das eleições na cidade, um grupo decidiu mobilizar a população para protestar contra possíveis irregularidades no pleito, em Itu, a 98 km de São Paulo. Os organizadores prometem reunir, neste sábado (20), cinco mil pessoas na Praça Padre Miguel, a principal da cidade. De acordo com o coordenador do movimento Voto Limpo, Roberto de Castro, o objetivo é cobrar da Justiça Eleitoral a apuração de supostas fraudes ocorridas durante a votação.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

18 Outubro 2012 | 15h13

O resultado das urnas apontou como eleito o candidato do PSD, Antonio Luiz Carvalho Gomes, o Tuize, com 33.384 votos. Tuize teve o apoio do atual prefeito Herculano Júnior (PSD). O candidato do PMDB, Osvaldo Sonsini Júnior, que liderava as pesquisas, ficou em segundo com 1.772 votos a menos. Em representação protocolada na Justiça Eleitoral, o candidato derrotado alega que pode ter havido fraude no processo de votação e apuração dos votos.

Eleitores relacionados no documento disseram que a foto do candidato não aparecia na tela durante a votação, fato levado ao conhecimento do cartório eleitoral, que não teria tomado providências. Outros disseram terem sido impedidos de votar porque alguém votara em seus lugares. Havia urnas com lacres repetidos e disparidade entre o número de urnas usadas na votação e o total apurado. O número de votos nulos deu um porcentual redondo, de 9%. Nesta quinta, a denúncia aguardava decisão do Ministério Público Eleitoral sobre a abertura ou não de investigação.

Mais conteúdo sobre:
eleições 2012Itu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.