Requião reduz orçamento para publicidade em 74%

Como primeira medida para o segundo mandato consecutivo (terceiro na história do Estado), o governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), determinou um corte orçamentário de mais de 74% para investimentos na mídia. O orçamento da Secretaria da Comunicação para publicidade caiu de R$ 14,8 milhões em 2006 para pouco mais de R$ 3,8 milhões. "O primeiro compromisso deste governo é dar o famoso choque de democracia na imprensa", anunciou Requião no dia da posse. "Não haverá dinheiro para a grande mídia do Paraná nesses quatro anos de governo." No primeiro mandato, Requião teve vários atritos, principalmente com a imprensa paranaense, à qual acusava de ser facciosa e mentirosa. Durante a campanha eleitoral, a mídia também foi um dos alvos de seus ataques e considerada como uma das causas de a diferença entre ele e o candidato do PDT, Osmar Dias, ter ficado em pouco mais de 10 mil votos. Segundo o governador, o dinheiro economizado com a mídia será investido em programas sociais e de infra-estrutura.

Agencia Estado,

03 Janeiro 2007 | 16h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.