Reportagem de Veja provoca demissão em O Globo

O jornalista Ricardo Boechat, cuja coluna era a mais lida do jornal O Globo, foi demitido ontem, após chegar às bancas a edição desta semana da revista Veja, revelando os bastidores da guerra entre o grupo canadense TIW e Daniel Dantas, presidente do Banco Opportunity, pelo controle de duas empresas de telefonia celular - Telemig Celular e Tele Norte Celular.A reportagem, de sete páginas, divulga diversas conversas telefônicas e, entre elas, consta a conversa entre o jornalista e Paulo Marinho, assessor de Nelson Tanure, aliado da TIW e acionista majoritário do Jornal do Brasil. No telefonema, o jornalista informa a Marinho o teor da matéria que seria publicada no dia seguinte em O Globo sobre a disputa e conta detalhes dos procedimentos internos do jornal.Hoje, em sua primeira página, o jornal carioca não esclareceu o caso e simplesmente publicou, em um quadro, um comunicado intitulado "Swann de volta ao Globo". Segundo o quadro, "a coluna Swann volta a ser publicada no Globo, temporariamente, a partir de hoje (25), no lugar da coluna de Ricardo Boechat, que deixou ontem o jornal". Ricardo Boechat foi afastado também do programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.