Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

RenovaBR inicia curso para formação de novos líderes

Iniciativa abrange 1.400 alunos em todo o território nacional; movimento foi responsável por formar nomes como Tabata Amaral (PDT-SP)

João Ker, O Estado de S.Paulo

08 de agosto de 2019 | 11h09

Lançado em 2017, o RenovaBR, movimento de renovação política apoiado por empresários e nomes como Luciano Huckaprovou 1.400 alunos para seu próximo curso de lideranças. As turmas foram selecionadas em todo o território nacional, de acordo com o movimento que viu 17 de suas lideranças serem eleitas em 2018. O RenovaBR apoiou no ano passado candidaturas dos atuais deputados federais Tabata Amaral (PDT-SP), Felipe Rigoni (PSB-ES) e Marcelo Calero (Cidadania-RJ) . 

O número de “novos líderes” aprovados para o curso de 2019 do RenovaBR é dez vezes maior do que a última edição, de acordo com o movimento, responsável pela eleição de 17 parlamentares nas eleições de 2018. Essa será a segunda turma formada pelo movimento. 

Em comunicado oficial, o RenovaBR explica que as aulas deste ano serão ministradas principalmente online, como forma de comportar o grande número de aprovados, além de oito encontros presenciais. Ao longo do curso, serão oferecidos videoaulas, textos, monitoria e desenvolvimento de projetos práticos.  

De acordo com o RenovaBR, dos 1.400 alunos aprovados para este ano, 31% são mulheres (433) e 39% se declaram pretos, pardos ou indígenas. Juntos, eles representam 455 cidades, com filiados de 30 partidos e 41% dos selecionados sem nenhuma filiação política. "Seguimos firmes no propósito de inserir cidadãos comuns na política", afirma o comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
RenovaBR

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.