Renan tem até terça para entregar provas sobre cervejaria

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tem até terça-feira para apresentar defesa escrita e provas ao Conselho de Ética da Casa a respeito do processo a que responde no colegiado sob a acusação de ter utilizado seu mandato para beneficiar a cervejaria Schincariol, em suposta isenção de multa. A informação foi dada hoje pelo relator do processo, senador João Pedro (PT-AM). Ele lembrou que, pelo Código de Ética e Decoro Parlamentar, o prazo para responder ao expediente é de cinco sessões ordinárias. Calheiros já responde no Conselho por suposta quebra de decoro parlamentar em acusação em que é réu por suspeitas de ter despesas pessoais pagas por um lobista da empreiteira Mendes Júnior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.