Renan reúne líderes para discutir CPI da Petrobras

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), está reunido na tarde desta quarta-feira, 2, com líderes partidários da base aliada e da oposição para discutir a CPI da Petrobras. A reunião ocorre no gabinete de Calheiros e conta com a presença dos líderes do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM); do PMDB na Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE); do PSDB, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) e do DEM, José Agripino Maia (DEM-RN). Há pouco, o pré-candidato tucano à Presidência, senador Aécio Neves (PSDB-MG), chegou para o encontro.

RICARDO BRITO, Agência Estado

02 de abril de 2014 | 16h52

Calheiros deve anunciar ainda nesta tarde qual sua decisão sobre dois pedidos de criação de Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) no Senado. Um dos pedidos foi apresentado pela oposição e pede a investigação, principalmente, da compra de uma refinaria de petróleo em Pasadena, nos Estados Unidos, pela Petrobras. O outro pedido foi apresentado pelos parlamentares governistas. É uma cópia da solicitação feita pela oposição, porém propondo a apuração de casos que envolvem o PSDB e o PSB. O presidente do Senado terá de decidir, em relação aos dois pedidos, se há fato determinado para justificar a abertura de ambas investigações.

Hoje, um pouco mais cedo, a oposição, apresentou novo pedido de criação de uma CPI da Petrobras, só que desta vez mista, ou seja, formada por deputados e senadores.

Mais conteúdo sobre:
CPIPetrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.