Renan: licença do cargo evitará constrangimentos

Em seu pronunciamento de cerca de 9 minutos transmitido pela TV Senado, o presidente do Senado, Renan Calheiros, disse que sua licença do cargo por 45 dias evitará constrangimentos como o ocorrido na sessão do dia 9 de outubro. Naquela sessão, Renan fez um pronunciamento de defesa da tribuna do Senado e foi aparteado por senadores que pediam o seu afastamento do cargo. Ele chegou interromper bruscamente um aparte do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) e abandonou a tribuna do Senado. "Reafirmo que enfrentarei os processos como fiz até agora à luz do dia".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.