Renan diz que vai decidir recurso do PT de forma imparcial

O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que vai decidir, "o mais rapidamente possível e de maneira imparcial", o recurso apresentado ontem pelo PT para que seja anulada a votação do relatório final da CPI Mista dos Correios.Renan disse que pretende examinar, junto com sua assessoria, todos os elementos para tomar uma decisão, mas ponderou: "O papel da CPI não é aumentar a temperatura da crise, nem baixar a temperatura da crise. É subsidiar as investigações dos canais competentes".O prazo final de funcionamento da CPI expira na próxima segunda-feira. Ontem, a bancada do PT contestou a aprovação do relatório final elaborado pelo deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), alegando que o presidente da CPI, senador Delcídio Amaral (PT-MS), não pôs em votação os votos em separado apresentado pelos governistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.