Divulgação
Divulgação

Renan diz que vai consultar líderes para tentar votar MP 668 nesta 4ª

Medida Provisória propõe elevação dos tributos de produtos importado

Isadora Peron, Ricardo Brito e Ricardo Della Coletta, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2015 | 16h11

BRASÍLIA - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL),voltou atrás e afirmou que vai consultar os líderes da Casa para votar ainda nesta quarta-feira, 27,  a Medida Provisória 668, que eleva tributos de produtos importados.

 "Eu hoje vou colocar isso novamente e tentar criar condições para que nós possamos apreciar hoje. Senão, nós vamos apreciar amanhã", disse.

Na quarta, ele havia aceitado uma questão de ordem da oposição e teria dito que a votação aconteceria apenas na quinta-feira. A decisão frustrou os governistas, que queriam evitar o risco de não ter o número suficiente de votantes na quinta, quando muitos senadores voltam para seus Estados.

Renan, que tem feito reiteradas críticas ao ajuste fiscal proposto pelo governo, foi derrotado ontem na votação da MP 665, que foi aprovada por 39 votos favoráveis e 32 contrários. Segundo aliados do peemedebista, como a sinalização é a de que o governo vai conseguir aprovar as demais MPs do pacote, ele estaria disposto a antecipar a votação para liquidar o assunto já nesta quarta-feira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.