Renan diz que não patrocinou ação contra senadores

Em nota divulgada hoje, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) negou que tenha patrocinado a ação do ex-senador Francisco Escocio, seu assessor. Escocio teria procurado um empresário goiano para tentar obter provas e formar um dossiê contra os senadores goianos Demóstenes Torres (DEM) e Marconi Perillo (PSDB), conforme denúncia publicada em jornais no fim de semana. "Repudio, mais uma vez - com a veemência e indignação que a situação exige - as falsas acusações de que estaria usando servidores do Senado Federal para práticas inescrupulosas, imorais e ilegais. Isso não faz parte do meu caráter", divulgou, em nota, por meio de sua assessoria de imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.