Renan diz que discurso de Almeida Lima é "brincadeira"

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL) classificou o discurso do senador Almeida Lima como uma "brincadeira". "O que estão fazendo com este país é uma brincadeira, pois o dólar e a bolsa caíram e o país parou por causa de um relatório parcial de um delegado", acusou Renan. Segundo o líder, é preciso que se apresente um fato novo sobre o envolvimento do assessor do Palácio do Planalto Waldomiro Diniz "para esclarecer, investigar e punir exemplarmente". Renan qualificou a ligação atribuída a José Dirceu e Waldomiro Diniz como uma irresponsabilidade. "Se não houver um fato novo, temos que tirar isso da imprensa e do Congresso Nacional e o País precisa voltar a trabalhar", disse.

Agencia Estado,

02 de março de 2004 | 15h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.