Renan convoca Mesa na próxima terça para formalizar perícia

Objetivo da análise dos documentos é comprovar rendimentos de R$ 1,9 milhão de Renan

Cida Fontes, do Estadão

12 de julho de 2007 | 16h36

O presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), marcou para a próxima terça-feira, 17, véspera do início do recesso do Congresso, reunião da Mesa Diretora. A convocação foi feita para que os integrantes da Mesa formalizem as perguntas que o Conselho de Ética enviará à Polícia Federal sobre os documentos apresentados por Renan.O objetivo dos documentos é comprovar rendimentos de R$ 1,9 milhão nos últimos quatro anos com venda de gado de suas fazendas. As perguntas a respeito dos documentos de Renan contribuirão para o trabalho da Polícia Federal de aprofundamento da perícia preliminar feitas nos papéis pela PF. O anúncio da convocação da reunião da Mesa foi feito hoje pelo vice-presidente do Senado, senador Tião Viana (PT-AC), minutos depois de senadores do DEM e do PSDB cobrarem, em plenário, agilidade no processo, já que na próxima semana haverá poucos parlamentares em Brasília. Calheiros, acusado de pagar despesas pessoais com dinheiro de um lobista de uma empreiteira, quer provar, com os documentos, que possui recursos próprios.A convocação da Mesa estava prometida por Calheiros para as 12 horas de hoje. Com a demora, o líder do DEM no Senado, senador José Agripino (RN), perguntou, em discurso: "Será que está na cabeça dos integrantes da Mesa a procrastinação?" O senador Cesar Borges (DEM-BA), que estava presidindo a sessão antes da chegada de Tião Viana, disse que os integrantes da Mesa estavam prontos para fazer a reunião em qualquer momento. Agripino chamou a atenção para o fato de que, sem a autorização da Mesa, o Conselho de Ética não pode solicitar à Polícia Federal o aprofundamento da perícia durante o recesso do Congresso, que começa dia 18 e vai até 1º de agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.