Renan concorda com adversário sobre excesso de MPs

O presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), candidato à reeleição, disse que concorda com a afirmação do adversário na disputa, senador José Agripino (PFL-RN), de que o Congresso precisa aprovar proposta de emenda, já votada pelo Senado, que estabelece novas regras de votação das medidas provisórias (MPs). Calheiros, porém, rebateu as demais afirmações do seu adversário, em entrevista coletiva. O presidente do Senado disse que o Congresso brasileiro, nos últimos 20 anos, nunca tergiversou na defesa da democracia do País. Ele igualmente defendeu a necessidade de reformas, para moralizar e ajudar o País a crescer, e a adoção de um aumento de salários que esteja sintonizado com as expectativas da sociedade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.