Renan chama Agripino e Virgílio para café na sala de Lula

O presidente da República em exercício, Renan Calheiros, convidou os senadores José Agripino (PFL-RN) e Arthur Virgílio (PSDB-AM), para um café em seu gabinete, no Palácio do Planalto, para uma conversa sobre "articulação política". O encontro, ao meio-dia, foi a primeira oportunidade de os líderes da oposição visitarem o gabinete presidencial, depois de três anos do governo Lula. Calheiros, segundo Agripino, ligou pessoalmente para os dois líderes, para fazer o convite. No encontro deveria ser discutida a possibilidade de uma aliança do PMDB com o PSDB e o PFL, um dia depois que o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, ofereceu a vaga de vice na chapa de reeleição de Lula ao PMDB, sem comunicar o convite a Renan, que integra a ala governista do partido.As conversas entre PSDB e PFL com lideranças peemedebistas estão ocorrendo de forma informal, já que somente no dia 13 de maio o partido fará a sua pré-convenção para definir se lançará ou não candidatura própria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.