Renan acusa Heloísa Helena de sonegação fiscal

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), atacou a presidente do PSOL, a ex-senadora Heloísa Helena, e disse que ela está sendo processada por sonegação fiscal. A acusação foi feita nos últimos minutos de seu discurso, na sessão em que o senador escapou da cassação por quebra de decoro parlamentar. Heloísa Helena gritou que era mentira e Renan respondeu: "Vossa Excelência passe água oxigenada na boca para falar de mim". Esse foi o momento mais tenso da sessão, segundo relato de senadores.A ex-senadora contou, após a sessão, que respondeu a Renan também dizendo que o senador deveria passar água sanitária na boca ao se dirigir a ela. Renan usou integralmente os 30 minutos de defesa em seu discurso que poderia dividir com seu advogado. Ele atacou a mídia e seguiu o tom de provocar medo nos senadores de que poderiam ser vítimas no futuro. Argumentou que quando a mídia se arvora a substituir a representação popular, se transforma em partido político. A ex-senadora, no final da sessão, que Renan foi mau-caráter e cínico ao apresentar um documento que, segundo ela, "todos sabem do que se trata". Ela contou que a Receita Federal abriu processo contra deputados estaduais no passado taxando a verba de gabinete. Justificou que a verba de gabinete não é salário e, por isso, recorreu à Justiça. "Sei que ele é ladrão dos cofres públicos, mas não sabia que era tão mau-caráter a ponto de explorar esta questão".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.