Religioso não precisa fazer prova no sábado, diz STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, confirmou nesta semana decisão que garante a um adventista o direito de não fazer a prova de um concurso público no sábado, que é "guardado" pelos adventistas, que não podem, nesse dia, fazer uma série de atividades, como trabalhar. O candidato poderá prestar o exame da Escola de Administração Fazendária em outro dia da semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.