Relatório é consistente, diz Péres

O líder do PDT, Jefferson Péres (AM), disse ontem que o relatório de Renato Casagrande (PSB-ES) e Marisa Serrano (PSDB-MS) "é consistente" e confirmou que vai votar hoje pela cassação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Já Wellington Salgado (PMDB-MG) faz defesa incondicional de Renan. "Foi criada uma imagem de que o senador Renan é um bandido. Isso é uma mentira, mas é difícil a gente lutar contra a mídia", afirmou, repetindo argumentação do próprio presidente do Senado. Na semana passada, Wellington pediu vista do parecer de Casagrande e Marisa. Com isso, conseguiu adiar o julgamento do relatório no Conselho de Ética. Hoje, promete desconstruir "ponto por ponto" as razões para que seja recomendada a cassação. Para Péres, contudo, Renan não deu explicações convincentes. "São fatos obscuros, mal explicados", afirmou o pedetista, que vê a imagem do Senado arranhada por conta do episódio. "Essa atitude dele de apego ao cargo só fez piorar as coisas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.