Relator diz que há indícios de sabotagem no painel da Câmara

O deputado Ney Lopes (PFL-RN), relator, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, do projeto de lei que flexibiliza a legislação trabalhista vigente no País, disse há pouco que há indícios de sabotagem na pane que ocorreu no painel eletrônico, que impediu a divulgação do resultado da votação do projeto em plenário. "Isso tem que ser apurado", reclamou Lopes. "Estou na Câmara há 20 anos, e nunca vi uma coisa dessas". Segundo ele, muitos deputados que já tinham votado já deixaram plenário. Com isso, argumentou, o resultado poderá ser diferente da votação feita pelo painel eletrônico. A pane provocou grande tumulto no plenário, e o resulta ainda é imprevisto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.