Relator de CPI diz que não aprovará quebra de sigilo

O relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Cartões Corporativos, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), disse hoje que se depender dele os requerimentos sobre abertura de dados sigilosos ficarão suspensos, aguardando debates mais aprofundados sobre o tema. Uma dessas discussões, segundo ele, é definir se a Presidência da República, a Polícia Federal (PF) e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) formam um tripé em que se baseia a segurança nacional."Vamos fazer esse debate", afirmou, assinalando que antes da CPI deliberar sobre os requerimentos de quebra de sigilo é preciso ouvir depoimentos como o do ministro-chefe do gabinete de Segurança Institucional, general Jorge Felix, previsto na pauta da comissão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.