André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

Relator de comissão do impeachment terá segurança para ele e família

Jovair Arantes (PTB-GO) teria solicitado, via ofício, proteção da Polícia Legislativa por precaução; presidente da Câmara estuda oferecer segurança também a Rogério Rosso (PSD-DF), presidente do colegiado

Daniel Carvalho, O Estado de S.Paulo

23 de março de 2016 | 15h07

Brasília - O relator da comissão especial do impeachment, Jovair Arantes (PTB-GO), terá segurança da Polícia Legislativa para ele e para sua família em Goiás, seu Estado de origem. O ofício solicitando segurança para o parlamentar foi encaminhado pelo presidente da comissão, Rogério Rosso (PSD-DF), ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nesta quarta-feira, 23, a pedido de Jovair.

Cunha acatou o pedido. Aliados de Jovair dizem que ele não sofreu nenhum tipo de ameaça e que o pedido se deu por precaução. Cunha analisa oferecer segurança também a Rosso, embora ele não tenha solicitado. Manifestantes fizeram um ato a favor do impeachment diante da residência do presidente da comissão no  domingo passado, 20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.