Relator da CPI defende que prefeito de Palmas vá à Comissão

Raul Filho nega favorecimento à Delta, mas admite ter recebido R$ 150 mil de doação de Cachoeira para campanha

Ricardo Brito - Agência Estado,

03 de julho de 2012 | 14h26

Brasília, 03 - O relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG)defendeu hoje que o prefeito de Palmas (TO), o petista Raul Filho, deve comparecer à CPI para prestar esclarecimentos. O prefeito foi flagrado em vídeo prometendo "oportunidades" a Carlinhos Cachoeira em troca de doações para a campanha de 2004.

Reportagem publicada hoje no jornal O Estado de S. Paulo revela que, sob a gestão Raul Filho, a prefeitura firmou seis contratos de R$ 119 milhões com a Delta Construções, empresa suspeita de envolvimento com o esquema de Cachoeira. Desse total, quatro foram assinados sem licitação pública, segundo dados do Ministério Público do Tocantins.

Ontem, em entrevista coletiva, o prefeito negou qualquer favorecimento à empreiteira, mas admitiu ter recebido uma doação de R$ 150 mil de Cachoeira para contratar um show para o encerramento de sua campanha.

Tudo o que sabemos sobre:
CPI Cachoeiraprefeito de Palmasvídeo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.