Relação aliados/governo entra em nova fase, diz Chinaglia

O líder do PT na Câmara, Arlindo Chinaglia, afirmou hoje que a relação da base aliada com o governo entrará numa nova fase, depois da reunião de ontem entre ministros e líderes aliados, na residência do presidente da Câmara, João Paulo Cunha. Ele considerou que os líderes fizeram cobranças duras ao governo, mas de forma correta, e que em nenhum momento os líderes cogitaram que o partido ou parte dele deixaria a base. "Alí se cobrou relação política com franqueza e lealdade, que são igualmente sólidas", disse Chinaglia.O ministro da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos, presente à reunião de ontem à noite, considerou muito positivo o encontro. "As pessoas estavam precisando de uma reunião como aquela até para entender e para ter uma ação organizada. Foi uma reunião exitosa", disse Campos, que participa de uma solenidade na Câmara, em comemoração aos 82 anos de criação do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.