Rejeição é o maior obstáculo de Marta no 2º turno

A rejeição da prefeita Marta Suplicy (PT) caiu cinco pontos (41% para 36%) mas ainda é seu maior obstáculo na busca pela reeleição. Segundo pesquisa do Ibope, realizada entre os dias 24 e 26 de julho e divulgada na terça-feira, a rejeição de Marta só é menor do que a de Paulo Maluf (PP), com 47%. Esse dado tem grande influência no segundo turno. Numa simulação feita na pesquisa, José Serra (PSDB) bateria Marta (50% a 32%) e Maluf (57% a 26%). E Marta venceria Maluf (44% a 34%).Pelos dados apresentados, o grande desafio da prefeita em um eventual segundo turno contra Serra (7% de rejeição) seria conquistar o eleitorado malufista. No cruzamento das simulações de segundo turno, apenas 13% dos eleitores de Maluf escolheriam a prefeita, enquanto 68% ficariam com Serra. A recíproca não é diferente: só 15% dos eleitores de Marta votariam em Maluf e 74% escolheriam Serra. Já os eleitores de Serra ficariam divididos: 39% estariam com Marta e 35% com Maluf.A resistência dos malufistas também fica evidente na avaliação da administração Marta. No geral, ela tem 30% de ótimo e bom, 45% de regular e 24% de ruim e péssimo. Entre os eleitores de Maluf, o ótimo/bom cai para 15% e o ruim/péssimo sobe para 37%. Já entre os eleitores de Serra, o ótimo/bom tem 13% e o ruim/péssimo, 28%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.